Como é calculado o número de eleitores presidenciais?

 

Cada Estado federado dispõe de um número de eleitores que corresponde ao número de congressistas que esse mesmo Estado dispõe no Congresso Nacional. Por exemplo, a Califórnia, o Estado mais populoso, indica 55 eleitores presidenciais, ou seja, 2 senadores mais 53 representantes. Enquanto os Estados menos populosos, como o Alasca, indicam 3 eleitores presidenciais, ou seja, 2 senadores mais 1 representante.

O número de senadores é sempre idêntico, enquanto o número de representantes tem a ver com a população de cada Estado. Quanto mais numerosa a população, maior o número de eleitores. Assim, o colégio eleitoral tem como objectivo reflectir não só a igualdade dos Estados, no caso dos senadores, mas também a sua situação populacional em função dos resultados dos últimos censos populacionais, no caso dos representantes.

O número obtido, corresponde ao total do número de congressistas, 535 (100 senadores mais 435 representantes), aos quais se adicionam 3 eleitores presidenciais eleitos pelo Distrito de Columbia, onde está situada a capital federal Washington D.C., constituindo um total de 538.

Face ao exposto, quem obtiver os votos dos 270 eleitores presidenciais (metade mais um) é eleito Presidente dos Estados Unidos da América.

Anúncios

One response

29 04 2008
Claudio Saldanha

Não gosto de americano. Mas o Obama é 10 o bicho é D+ mesmo. E olha que eu adooooooro mulher.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: